terça-feira, 20 de julho de 2010

Depoimentos


Destinei esse espaço aos clientes, alunos e amigos que desejam expressar sua opinião a respeito do curso Performance e informações contidas nesse blog.

O crescimento de uma empresa, entidade ou idéia, depende da capacidade de se ouvir seus clientes e contribuintes, permitindo que o fluxo de idéias seja livre e construtivo.

Se tem algo a dizer, esse é o espaço! Obrigado pela contribuição.

16 comentários:

  1. Humberto Cancelinha20 de julho de 2010 12:35

    Olá Nenad.
    Este final de semana fiz um bate-e-volta com a moto. Senti-me mais seguro, na condução, e consciente do que estava fazendo, na estrada e nos percursos urbanos. O curso me trouxe outra dimensão e sensação do que é pilotar motocicletas, apesar dos meus 30 anos de experiência cheia de vícios.
    Apliquei o ensinamento à minha condução do carro e minha família notou e parabenizou a mudança de comportamento.
    Enfim, o curso superou minhas expectativas e quero te agradecer por isto.
    Segue fotos, como lembrança.
    Nos vemos na estrada.
    Abraços.
    Humberto CANCELINHA.

    Se quiseres publicar o depoimento, fica à vontade.

    ResponderExcluir
  2. Leonardo Silva (São Luís-MA)23 de julho de 2010 10:50

    Olá Nenad.
    Apesar do pouco tempo de motociclismo, sinto que os preciosos ensinamentos advindos deste blog me fizeram crescer,e muito, as minhas técnicas de pilotagem, principalmente no que diz respeito à pilotagem segura. No dia-a-dia já me livrei de acidentes, sobretudo prevendo situações de risco, apenas com a teoria adquirida neste blog. Procuro, ao máximo, transpor a teoria à prática e vem me trazendo resultados muito bons.
    Aos poucos, mostro à minha família e amigos que o motociclismo não é tão perigoso como eles pensam. Divulgo e alerto aos meus amigos que possuem moto ou estão querendo ingressar nesse mundo mágico este blog para que suas técnicas também sejam apuradas.
    Mais uma vez, como tantas vezes eu o fiz, elogio o blog e a sua iniciativa de passar para outros motociclistas as suas técnicas, sem cobrar por isso.

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelas palavras de carinho. Me motivam para continuar me aperfeiçoando e compartilhar o que venho aprendendo tambem, com aqueles que tenho tido o prazer de interagir. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Nenad, tenho uma 883C e quando tenho que trocar de marcha muitas vezes, minha mão fica com os tendões bem doloridos. Gostaria de saber qual é a melhor posição do braço ou dos comandos para que isso amenize.
    Aguardo sua resposta.
    Parabéns pelo seu trabalho, gosto de ler as matérias na Revista e também adicionei um link do seu blog no meu.

    ResponderExcluir
  5. Excelente curso. Teorico como pratico. Daria para fazer um mes de curso...

    Muito obrigado. Keep up the good work. Vamos nos falando.

    Vincent

    ResponderExcluir
  6. O comentário de Vera foi respondido diretamente a ela.

    ResponderExcluir
  7. Para quem fez o curso de moto-escola e, apaixonado por motos, compra uma moto mais potente, e depois se depara com a situação que falta muita coisa... Esse treinamento não é opcional, é essencial!

    Foi o meu caso, saí da moto-escola sem saber trocar corretamente a marcha, fazer curvas, frenagem, sem noções de contra-esterço, sem saber como andar de forma segura no trânsito, seja na estrada, seja na cidade. E aí, ou a gente aprende sofrendo, da forma errada, cometendo erros, e sacrificando a segurança... Ou faz este treinamento.

    O treinamento esclareceu conceitos que pouco vi na Internet e nunca ouvi falar antes, desmistificou idéias e conceitos de forma racional. E o treinamento prático foi fantástico, principalmente depois de uma dica – na minha opinião a mais importante de todas para conduzir de forma apropriada a moto – que não vou passar aqui para não tirar a graça do treinamento.

    O treinamento trouxe à tona a confiança necessária para pilotar a moto, respeito aos limites, e obviamente, a curtição de pilotar uma moto na estrada!

    Treinamento essencial para iniciantes!

    ResponderExcluir
  8. Marcos Brunelli(são Jose dos Campos)26 de março de 2011 19:36

    Nenad,boa noite.Apesar de estar um pouco afastado sempre lembro dos ensinamentos e folheio minha apostila. Depois de 2 anos do acidente perto de Foz, consegui reprogramar a viagem e finalmente cosegui ir ate o norte do Chile. Gostaria de informar que tudo que treinamos no curso foi executado na minha viagem. Usei tudo, de planejar a parar a moto para não ficar em enrascada , atencao nas curvas, posicionamento dos joelhos ate as freiadas como treinado. Foi uma viagem incrível e graças a Deus sem problemas. Nao posso mentir que passei alguns apertos,mas me senti muito mais seguro ao longo da viagem lembrando dos ensinamentos do curso. Espero continuar viajando e sempre que possível aprimorando as técnicas .Leio sempre as suas matérias na revista.Obrigado pela atenção e ensinamentos .Parabéns pelo curso e pelas matérias na revista e blog.

    ResponderExcluir
  9. Nenad,

    Seu curso foi além das minhas expectativas, tanto pela abordagem dos temas, quanto pela estrutura proposta. Tenho a certeza de que me acrescentou informações importantíssimas, além de muita diversão (e risadas) nos exercícios práticos. Como eu disse: insuportavelmente feliz!

    Tudo o que aprendi ficará muito bem guardadinho na memória, para ser utilizado sempre que estiver com minha moto.

    Muito obrigada e continue repassando seus conhecimentos, que são muito valiosos!

    Alessandra Zanoni (São Paulo)

    ResponderExcluir
  10. Valeu Alessandra!
    Tambem gostei muito de seu rendimento e comprometimento com o aprendizado. Continue praticando, e bem antes que imagina, estará fazendo altas viagens! Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Eduardo Giuliani (SãoPaulo31 de agosto de 2011 16:27

    44 anos de idade, não andava de moto há mais de 30, sendo que a última moto que tive foi uma CG 125. Tinha o sonho de andar de superbike e também o medo. 6 meses atrás decidi enfrentar a empreitada após assistir o Tron. Pesquisei modelos e preços e comprei uma Ducati 848 Evo. Estava com receio até de pegar a moto na loja. Um amigo recomendou o Nenad, li seus artigos no blog e percebi que era o profissional certo. Perspectiva de piloto maduro e responsável, aulas individuais e fora do ambiente de pista.

    Retirou a moto na loja comigo e fui de garupa SP-Jundiaí para tirar a cera dos pneus e conhecer o potencial da máquina. Deu as instruções para começar a brincar na garagem, dar volta no quarteirão e depois o Curso. Visão, Contra-Esterço e Frenagem são exemplos dos conceitos e da tecnologia que se aprende nas aulas teóricas e práticas. No final do curso pilotei sozinho minha superbike no trecho SP-Jundiaí-SP. Incrível! Entregou além de minhas expectativas! O ferramental possibilitou desempenhar com segurança, dentro das minhas limitações, e com tarefas para ir aprimorando minhas habilidades.

    Nenad iniciou carreira em engenharia aeronáutica nos EUA, trabalhou em aviação comercial, foi instrutor de acrobacia aérea e campeão de motociclismo. O Curso de Pilotagem é sólido, bastante sofisticado e prático para quem quer aprender como pilotar um foguete entre as pernas com a devida segurança. Desenvolve atitude, arcabouço teórico e experimentação.

    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  12. Obrigado Eduardo!
    Fico satisfeito que o treinamento lhe tenha proporcionado a perspectiva correta para se desenvolver no motociclismo. Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Ronald Bremberger (São Bernardo do Campo, SP)

    Caro Nenad,

    fazer o seu curso de pilotagem foi excelente. Não só pela sua experiência como piloto e campeão na pista, mas como conhecedor dos fenômenos físicos que interagem ao pilotar uma motocicleta. Isso pode não fazer diferença para muita gente, mas eu acredito que saber o básico de física é necessário para se pilotar uma motocicleta.

    Na volta para casa, pelo Rodoanel ocorreram dois fatos emblemáticos, um caminhão quase deu um L a uns 150m à minha frente, pois um carro freou no meio da pista, para escolher a cabine pela qual passar no pedágio antes da Raposo. A única coisa que senti foi o cheiro de borracha queimada, pois a manobra de evasão pôde ser tomada com calma e com a antecedência devida.

    Mais adiante, entrando no trecho sul, também a uns 150m de um caminhão de serviços da concessionária, caíram 4 cones de cima da caçamba com o caminhão em movimento. Desvio sem problemas e ainda deu tempo de alcançar o meliante e avisar que estavam caindo objetos da caçamba.

    Foram 2 dias excelentes que superaram as minha expectativas que já eram bastante altas, após a troca de e-mails e telefonemas. Parabéns pelo trabalho e espero que nos encontremos por aí novamente.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Ronald,
      Fico satisfeito que tenha alcançado os resultados pretendidos e tenha tido a oportunidade de testar seus novos conhecimentos. Uma lástima, no entanto, que situações de risco sejam necessárias para nos fazer ver a importância de treinarmos exaustivamente todos os procedimentos em uma moto.
      Parabéns pela calma com que conduziu os episódios! Tenho certeza que conquistei mais um motociclista consciente!
      Continuo à disposição.

      Abraço!

      Excluir
  15. Bom meu amigo, primeiramente gostaria de agradecer a vc pelo ótimo final de semana e pela sua paciência, foi muito gratificante a experiência de explorar novos limites e com total segurança a quebra de paradigmas é impressionante, eu com mais de 30 anos de motociclismo aprendi muito, acredito que um curso destes teria que ser obrigatório pelo menos a cada 5 anos para todos os motociclistas, consegui atingir os meus objetivos que eram a insegurança após a queda que tive e desmistificar o tamanho da moto, que vc com técnica, segurança e respeito aos limites seus e da moto pode aproveitar o prazer de pilotar uma motocicleta, mais uma vez muito obrigado e sucesso no seu curso.
    Abraços
    Marcelo

    ResponderExcluir